Editorial referente ao cancelamento da prova de 03/04/2011.

Prezados Atiradores.
Por mais de duas semanas iniciamos os preparativos para a realização de uma prova conjunta entre o CTEGP (Clube de Tiro Esportivo do Grão Pará) e a FTPP (Federação de Tiro Prático Paraense) na pessoa de seu Presidente, o Atirador Bruno Cerutti. Depositamos nossas esperanças na mudança de atitude por parte de um pequeno número de atiradores descontentes após a realização desta prova, pois não só o presidente do CTEGP como o presidente da FTPP acreditávamos que conseguiríamos despertar o espírito desportista e estimular um comportamento amistoso e de urbanidade. Ao longo de duas semanas trabalhamos arduamente confeccionando as pistas, preparando o site para receber as inscrições em tempo real, mobilizamos patrocinadores e contratamos apoio logístico pois acreditávamos que seria uma prova divisora de águas e que ela serviria para aproximar os atletas e desmistificar algumas impressões. Sem ter o objetivo de acirrar os ânimos o cancelamento partiu da diretoria da FTPP, fato que desagradou e entristeceu bastante o presidente da FTPP que após comunicar o cancelamento renunciou ao cargo. A alegação dos descontentes foi o fato do presidente do CTEGP, anteriormente denunciado ao Exército Brasileiro pela FTPP e decorrido a apuração dos fatos alegados na denúncia, foi considerada como uma denúncia improcedente, oficiou as autoridades competentes a atitude deselegante de alguns membros da FTPP em denunciá-lo desmotivadamente. Gostaria de ressaltar que realizei uma prova dias depois da denuncia da FTPP no clube que presido e tratei a todos os convidados, inclusive os denunciantes com cavalheirismo, respeito e urbanidade. Agora diante da réplica os próprios praticantes de tiro prático (IPSC) se sentem no direito de cancelar uma prova de IPSC. Toda esta documentação está disponível a quem quer que deseje se informar para não tomar um juízo influenciado por falácias ou inverdades.
Confesso que ainda pensei em realizar a prova, pois o CTEGP possui atualmente cerca de duzentos associados e os desistentes não somam nem um décimo. Porém partes dos equipamentos das pistas que eram da FTPP foram recolhidos no meio da semana.
Acredito que quem perdeu foi o esporte, porém o CTEGP estará sempre de braços abertos a qualquer praticante do tiro que desejar freqüentar o clube munido de honestidade, ética, esportividade e cavalheirismo e não medirá esforços para expurgar aqueles que contrariam os princípios básicos da boa convivência.
Sinceramente.

Allan Rendeiro
Presidente do CTEGP

CANCELAMENTO

Caros amigos,

É com muito pesar que venho comunicar o cancelamento da “1a Etapa do Campeonato Paraense de IPSC de 2011” a qual seria realizada nas dependências do CTEGP (Clube de Tiro Esportivo do Grão Pará).

Todos sabem da minha luta em prol da união do esporte de tiro no estado do Pará, para que assim pudéssemos crescer e atingir níveis mais elevados comparativamente aos outros estados da nação, e tivéssemos atletas em quantidade e qualidade que fizessem vistas ao tamanho do nosso estado.

No entanto, os interesses e vontades pessoais, de todos os lados, têm se sobressaído aos esportivos. Divergências de idéias são normais e saudáveis, mas quando são em benefício do esporte e da coletividade.

Agradeço à oportunidade dada pela diretoria do CTEGP em ceder seu espaço para realizarmos tal competição, bem como agradeço também o apoio dado até então por todos os amigos filiados à FTPP.

Gostaria de me desculpar com todos os atletas filiados à FTPP e  CTEGP pelo cancelamento da prova, mas foi uma decisão tomada por maioria, em reunião de diretoria da Federação .

Peço a todos que já efetuaram o pagamento da inscrição da competição que me encaminhem dados de conta corrente para que façamos devolução dos seus recursos.

Por fim, aproveito para comunicar que renunciarei à presidência da Federação assim que retornar à Belém (estou em viagem de negócios em Altamira) por questões de ordem pessoal, e por entender que meus serviços ou forma de agir já não são mais necessários ou benvindos ao grupo.

Abraço a todos

Bruno Valle
Presidente FTPP
Atleta praticante

Cancelamento da Prova do dia 27/03/2011

Prezado Associado,
No calendário do CTEGP/FEPATE o dia 27 de março está assinalado com a Prova de Tiro cuja as modalidades são Duelo 20, Carabina de AR e 22.
Devido a necessidade de preparação das Pistas para a prova do dia 3 de abril, o CTEGP transferiu a prova para a data de 29 de maio a qual coincide com prova semelhante.
Esperamos contar com a compreensão de todos.
Atenciosamente.

CTEGP

Calendário de Provas 2011.

Prezado Atirador.

Está disponível no site do CTEGP o calendário de eventos para o ano de 2011. Basta acessar o site e localizar  o item “calendário de provas” (link=> http://www.ctegp.com.br/?page_id=23).

Contamos com a sua participação e solicitamos a todos que não deixem de visitar sempre que possível o site do CTEGP ( link=> http://www.ctegp.com.br) pois as informações sobre o tiro esportivo estarão publicadas no mesmo. Observem que existem provas patrocinadas pela Federação Paraense de Tiro Esportivo ( link=> www.fepate.org.br) em cujo site temos os mesmo calendários.

Aos que não são Federados a FEPATE e confederados a CBTE ( link=> www.cbte.org.br) e caso desejem se filiar o custo da anuidade é R$120,00 tendo como exigência a associação a um dos clubes de tiro federados e os documentos de praxe. Para maiores informações envie suas dúvidas para o email fepate@fepate.org.br que será de pronto respondido.

Ficaremos felizes com suas presenças pois o CTEGP que é o único Clube de Tiro da Capital que possui Estande próprio e possui instrutor certificado pela CBTE.

Infelizmente existe um pequeno grupo de insatisfeitos que de tudo tentarão para prejudicar o Clube e as provas, enviando comunicação para não comparecerem as provas ou criando empecilhos. Não deixe que a falta de espírito esportivo e atitudes desprovidas de ética abalem o nosso esporte.

E finalizando, o CTEGP, Clube de Tiro Esportivo do Grão Pará não possui “donos” e sim associados, e aqueles que se dizem donos tentam ser os verdadeiros “donos da verdade” e que infelizmente não possuem um passado transparente e virtuoso.

Atropelar a ética e o bom senso em nome de agilidade nunca serão uma atitude digna sob qualquer ponto de vista ou opinião.

Um feliz e abençoado ano de 2011 à todos.

Como comprar munição e material de recarga!

Prezado Associado,
Escrevemos este tutorial com a intenção de ajudá-lo na aquisição de material para recarga e munição que possibilite a sua prática do esporte do tiro.
A primeira pergunta é quem pode comprar?
Resposta: Munição (cartucho pronto para o tiro) qualquer atirador que possuir o CR (Certificado de Registro emitido pelo Exército, no nosso caso, da 8ª Região Militar) e que esteja em dias com o Clube ou Federação a qual pertence. O material de recarga ( estojo, espoleta, pólvora, projétil, bucha, chumbo, die, prensa e etc.) somente os que possuírem no seu CR a autorização ou apostilamento para procedimento de recarga.
Como devo proceder para adquirir estes materiais?
Resposta: o primeiro passo é saber o que você precisa comprar e se pode ou não. De posse da [download id=”47″] você vai escolher os produtos que você necessita ou deseja adquirir. Entenda que somente o Exército autoriza que você compre somente o que existir de armamento correspondente em seu CR. Exemplo: Tenho uma carabina .22 no meu CR e posso então comprar munição .22 e se eu quiser comprar munição .50 já não poderei pois não tenho arma registrada neste calibre.
O segundo passo é preencher o [download id=”48″] para o download e colocar os materiais dentro dos campos corretos, respeitando os limites estabelecido no CR e no R105 (veja no site do DFPC ).
O terceiro passo é solicitar do Clube de Tiro uma declaração de estar em dias com o referido clube e solicitar a assinatura do Presidente do Clube no requerimento.
O quarto passo é dirigir-se ao IIº BIS na avenida Almirante Barroso, procurar a IIª Seção e o SFPC e entregar o requerimento com a cópia do CR e a declaração do clube e pagar a taxa (GRU – Guia de Recolhimento da União) referente ao pedido.
Após isto, aguarde que será informado a CBC, a você e ao Clube se foi autorizado ou não. Após autorizado, o valor da aquisição será depositada na conta da CBC e o material será enviado ao Clube de Tiro e você deverá receber o material e assinar o mapa de recebimento.
Esperamos que com este tutorial tenhamos ajudado nesta tarefa.
Dúvidas ou sugestões por favor enviar email para ctegp@ctegp.com.br
Atenciosamente.

CONFEDERAÇÃO DE TIRO E CAÇA DO BRASIL

Prezados Associados.

O CTEGP em busca de novos horizontes aos aficionados do tiro procurou filiar-se a CONFEDERAÇÃO DE TIRO E CAÇA DO BRASIL. Com as possibilidades de liberar a caça na nossa região, como já acontece no sul e sudeste colocamos a disposição de nossos associados a possibilidade de se confederar e assim cumprir as exigência para a emissão dos documentos necessários para a aquisição de armamentos e insumos.

As dúvidas poderão ser encaminhadas ao CTEGP ou diretamente a confederação: www.confederacaodetiroecacdobrasil.org.br