Tiro Esportivo é alvo de preconceito

Rodrigo Bastos:

“Tiro Esportivo é alvo de preconceito”

rodrigobastos

 O atirador Rodrigo Bastos, da seleção brasileira de Tiro Esportivo e eleito o Atleta do Ano na modalidade em 2014, recorreu à consultoria Pautas & Notícias para criar sua fan page no Facebook, em www.facebook.com/rodrigobastostiroesportivo . Seu objetivo é usar a força das mídias sociais para ajudar a combater o preconceito que ainda atinge os praticantes do Tiro Esportivo. “Muitas gente, talvez influenciada pelo cinema e pela televisão, associa o manejo de armas de fogo a pessoas violentas e perigosas. Outros simplesmente têm pânico da simples presença das armas e se afastam quando descobrem que alguém pratica tiro“, explica Rodrigo, que tem 47 anos e é dentista em Guarapuava, no Paraná.

Conheço praticantes de Tiro Esportivo que são médicos, engenheiros, advogados, empresários… Gente de bem, pessoas de família, de todas as profissões. É um esporte onde precisão é tudo e que obriga quem pratica a ser muito tranquilo em suas atitudes. É também uma busca permanente pelo perfeccionismo. O Tiro Esportivo nada tem a ver com a violência“, defende o atleta paranaense.

Rodrigo Bastos já participou de duas Olimpíadas e luta por uma vaga para disputar os Jogos do Rio de Janeiro. Sua especialidade é o Tiro ao Prato, uma modalidade do tiro com espingarda também conhecida como Fossa Olímpica – ocupa atualmente a oitava colocação no ranking mundial da Federação Internacional de Tiro (ISSF). “Em 2016, quero brigar por uma medalha. Competir embalado pela torcida brasileira certamente vai ajudar bastante. E combater os preconceitos fará que mais brasileiros vejam o Tiro Esportivo com outros olhos. Quem quiser apoiar essa ideia e curtir a página, o endereço é www.facebook.com/rodrigobastostiroesportivo“, finaliza Rodrigo.

Resultados
 
Em março desse ano, Rodrigo Bastos foi oitavo na etapa de Dubai da Copa do Mundo. No ano passado, conquistou a quinta colocação no Campeonato Mundial de Tiro Esportivo, em Granada, na Espanha, e o sexto lugar na etapa da Copa do Mundo no Arizona, nos Estados Unidos. Há mais de 30 anos, Rodrigo representa o Tiro Esportivo brasileiro em competições internacionais. Foi medalha de bronze no Pan-Americano de Indianápolis, em 1987, campeão na Copa de Mundo de Tiro Esportivo no México, em 1988, medalha de prata no Pan-Americano de Santo Domingo, em 2003. Participou das Olimpíadas de Seul, em 1988, e de Atenas, em 2004.
Rodrigo Bastos é patrocinado pela marca de ferramentas Vonder e pela rede varejista Grupo Superpão, ambos do Paraná. Recebe a Bolsa Pódio do Ministério do Esporte e o apoio do fabricante italiano de espingardas Perezzi.
 
Crédito de foto: divulgação
Atendimento à Imprensa (se essa pauta render matéria, mande um e-mail avisando!)
Pautas & Notícias
(21)99645-5094

Deixe uma resposta